Tha BTC 2018

Treinamento Ideal

Será que você está treinando certo??

Treinar e se dedicar é uma responsabilidade que muitas pessoas agarram. É mérito de alguns. Mas e quando você se dedica plenamente, mas chega no torneio e não tem o resultado esperado? O que será que pode estar acontecendo?

A primeira pergunta é: como são os seus treinamentos?

Você costuma apenas fazer jogos? Você faz bate-bola? Ou tem um professor que organiza seus treinos?

Já ouvi no passado de grandes treinadores famosos algumas divergências em relação ao método de treinamento ideal.

Um deles disse que acreditava que os drills eram os exercícios ideais, com bolas lançadas pelo treinador. Outro achava que trocar bolas era o melhor para evoluir. Essa exata e simples forma, era a opinião de cada um.

Hoje tenho uma convicção que entendo o objetivo de diferentes tipos de  treinamento, e qual o ideal pra cada indivíduo e situação.

Drills

Na época em que comecei a fazer aulas, o método de treinamento mais utilizado eram os drills, com lançamentos de bola do carrinho. Tive muitos treinos dessa forma e hoje se usa a denominação de “bola fechada”. Pois é uma bola previsível, geralmente na mesma velocidade e altura.

Esse tipo de treino é muito bom para as correções de golpes, isto é, a parte técnica, a mecânica do golpe. Fechando a situação, o jogador pode pensar em como está o corpo e a raquete. Não precisa pensar como está vindo a bola e nem formular uma resposta. (conhece a diferença entre técnica e tática?)

Controle de bola

A época em que mais melhorei meu jogo, foi quando um treinador resolveu contar quantas bolas a gente trocava. Quando chegava a 67 era uma festa!!! Deve ter sido o meu record na época!

Sei que junto com isso, ele me orientou muito na área emocional, tentando fortalecer minhas fraquezas. Mas nesse momento vou separar as coisas. Até porque depois como professora, sei que consegui ajudar muita gente a melhorar seu jogo, melhorando apenas a regularidade.

Jogos

Geralmente os adultos gostam de treinar jogando. Muitas vezes mal aquecem e já vão para o play! Nem aquecem o saque! “Entrou, valeu!”

Saber posicionar-se: essencial para jogar bem (posicionamento)

O jogo traz as dificuldades da bola, a pressão dos pontos, o ganhar e o perder. No jogo tem estratégia e tática, e componentes psicológicos como a concentração e o controle da ansiedade.

Diferentes objetivos

Somando esses 3 jeitos de treinar, temos uma excelente combinação para ter bons rendimentos nas competições.

Bater corretamente na bola é fundamental pra ter um golpe agressivo, eficiente e que não te deixe lesionado. Geralmente é o professor que ensina e corrige.

Saber trocar bolas, é ser regular, cometer poucos erros não forçados. E essa é a primeira tática do tênis: regularidade.

E finalmente, jogar também é muito importante! É lá que enfrentamos efeitos diferentes, estilos de jogo que não gostamos, adversidades como a falta de confiança e o nervosismo, tendo que superar também o adversário.

Dica para treinar

Saber dosar e equilibrar a quantia de cada método na sua preparação é uma fórmula pra que chegue o mais próximo possível do que vai acontecer nos torneios.

Se você tem algum golpe com deficiência técnica, com certeza precisa consertar para poder evoluir seu jogo. Senão você pode ter uma fraqueza muito exposta, e é lá que seu adversário vai explorar!

Mas, se você tem uma boa técnica em geral, pois teve uma boa formação, isso é muito legal! Confira se está errando muito cedo, ou se parece que você sempre perde de quem é pior que você…Talvez seus adversários sejam mais regulares, e mesmo batendo feio e estranho, colocam sempre uma bola a mais.

Tendo técnica correta, regularidade, mesmo assim ter dificuldade nos torneios, talvez falte um pouco mais de experiência de jogar com diversos tipos de adversários diferentes.

Jogar contra alguém que só da slice, ou só dá “balão” é um desafio para aqueles que gostam de ganhar pontos facilmente. Um bom defensor tem seus méritos, mas você precisa saber qual estratégia vai usar quando enfrentá-los. O primeiro passo é conseguir superá-los num amistoso, para depois tentar o mesmo feito no torneio!

Conclusão

Fazer a combinação de drills, controle e jogos é uma forma muito boa pra ter rendimento nas competições.

Avaliar objetivos e dosar o tipo de treinamento é fundamental para evoluir

Junto a isso não posso deixar de citar o CONDICIONAMENTO FÍSICO, A PREPARAÇÃO PSICOLÓGICA, A PERIODIZAÇÃO DO TREINAMENTO, A BOA NUTRIÇÃO, O RITMO DE TORNEIOS…

Sorry, estava muito  bom pra ser verdade…

Para alcançar a “perfeição”, se é que ela existe, temos muitas variáveis envolvidas e é importante saber identificar onde temos que nos dedicar para evoluir nosso jogo.

A ajuda de um bom profissional para fazer essa avaliação é importante, pois assim você terá chance de estar no caminho certo, e de preferência, chegar onde quer o mais rápido possível!

Thais Hiroki

Gostou desse artigo, compartilhe 😉

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre o seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades do blog.

Direto ao ponto

Mantenha-se atualizado

Deixe seu e-mail e receba todas as novidades do blog. 

Copyright 2020 © Todos os direitos reservados - Eu Amo Jogar Tênis