Jogar tênis x Treinar tênis

Quando recebo um telefonema de alguém interessado em aulas, geralmente a conversa é :

-Oi! Tudo bom? Gostaria de aprender a JOGAR tênis!

Naturalmente, a conversa se desenrola e marcamos dia e horário.

O que eu estou querendo chamar a atenção, é ao fato que:

“Para aprender a JOGAR tênis, tem que aprender a TREINAR tênis”

E qual a diferença?

Jogar tênis

O tênis é um esporte que envolve a competição, e quando a gente compete, a gente quer ganhar. É natural.

Joga-se para ganhar por vários motivos, ainda que em alguns momentos jogamos pra treinar, testar, ou jogamos sabendo que provavelmente vamos perder. Na maioria dos casos, jogamos pra ganhar.

E quando jogamos pra ganhar, usamos os meios possíveis para nosso adversário não pegar nossa bola, ou errar. Vamos dificultar ao máximo para o adversário, assim podemos ganhar a maioria dos pontos, ou os pontos certos pra fechar o jogo!

Treinar tênis

Quando treinamos, temos que praticar nossas habilidades, a fim de jogar melhor. Claro que o próprio jogo é um tipo de treino. E diga-se de passagem, importantíssimo e desvalorizado por alguns.

Mas um tipo de treinamento importantíssimo no tênis, é o treino de CONTROLE DE BOLA.

Controle de bola

O controle de bola pode ser dividido em:

  • controle da direção
  • controle da altura
  • controle da profundidade (distância)
  • controle do efeito
  • controle da velocidade

E eu diria até, que antes de tudo isso, vem o controle da bola na área do jogo. Seja o campo sem rede, quadradinho do saque, 3/4 de quadra ou quadra inteira.

Competição x cooperação

Quando jogamos, competimos. Temos que ganhar o ponto e fazer nosso adversário “sofrer”. (oh, que drama!)

Quando treinamos controle da bola, cooperamos.

Exercício cooperativo. Objetivo: 20 acertos. Facilito para o parceiro.

Por isso, quando vamos treinar com um amigo, é importante saber o objetivo da sessão. Vamos jogar e competir, ou vamos trocar bola e controlar?

Se o objetivo é competitivo, o ideal é contar os pontos, pois só assim podemos medir, e também treinar os aspectos mentais e emocionais FUNDAMENTAIS do jogo.

Exercício competitivo. Objetivo: vencer 7 pontos primeiro. Dificulto para o adversário

Quando jogamos e está 5×0 para o nosso adversário, é completamente diferente de estar 5×5, ou 5×0 para nós! Os sentimentos, as estratégias, os pensamentos e as atitudes são diferentes. E só podemos melhorar treinando e vivenciando essas situações. Quem ganha e consegue fica satisfeito e feliz. Quem perde e não consegue, fica frustrado e decepcionado. As emoções são diferentes.

Se treinamos controlando a bola, temos que ser cooperativos. Isso significa que temos que traçar o objetivo e fazer o possível pra alcançá-lo junto com o parceiro de treino. A satisfação de conseguir, e a frustração de não conseguir, vai ser igual nos dois.

O objetivo pode ser trocar 50 bolas sem errar, cruzar 10 direitas em meia quadra, completar uma sequência de saque/devolução/primeira bola depois do saque, trocar 20 slices de esquerda, enfim, são inúmeras possibilidades pra se treinar controle de bola.

Naná e Maria: desde cedo aprendendo a competir e cooperar

Como não treinar

Se você foi bater bola com um amigo, e decidiram trocar bola na mão, então devem se esforçar pra colocar “na mão” do outro, de uma forma que seja possível dar uma boa sequência e o treino ser proveitoso.

Se errar, é natural dizer o famoso “sorry”. Não tem problemas. Desde que seja um erro, desde que seja sem querer.

Já treinei com algumas pessoas que não entendiam o treino de controle de bolas. Passavam o tempo todo me fazendo correr, e colocando bolas difíceis. Enquanto eu estava fazendo cooperação, eles estavam fazendo competição.

Outro dia, fui bater uma bola com meu amigo Jair Montovani. Quando vamos bater bola, geralmente o treino é cooperativo. Mas no vídeo abaixo, eu faço exatamente o que NÃO se deve fazer:

O Jair levou de boa, brincou e tal! Mas o acordo era cooperar, e não competir!

Conclusão

Para aprender a jogar tênis, temos que aprender a treinar tênis.

Jogar tênis tem a ver com contar pontos, superar o adversário, competir.

Treinar tênis pode (e deve) até ser com jogos, mas quando se treina controle de bola, é bom ter objetivos mensuráveis a se alcançar, supõe-se que vamos “colocar na mão” do parceiro, e vamos cooperar.

Competir e cooperar são duas coisas importantíssimas pra se evoluir no tênis, mas serão treinadas separadamente. Ou tem competição, ou tem cooperação.

Misturar competição e cooperação não dá bom! Se você sempre faz isso, está treinando da forma errada! Ou um, ou outro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *