Quadradinho pra quê?

Você já viu alguém se aquecer ou treinar no quadradinho?

O quadradinho é o nome carinhoso que damos a área de saque. A gente pode usar os dois lados ao mesmo tempo, ou um lado só.

E por que eu deveria usar isso pra melhorar meu jogo?

Controle da força

O tênis é um esporte onde os equipamentos usados, bola e raquete, propiciam uma velocidade inacreditável!

Você sabia que o tenista Samuel Groth já conseguiu sacar a 263 km/h? Ele está no livro dos records.

Sam Groth: 263 km/h no saque

Assim como a Sabine Lisicki, que sacou a 210,8 km/h, marcando sua posição no Guiness também!

O que estou querendo dizer é que a bola e a raquete de tênis juntas tem um potencial de velocidade absurdo!

E a grande questão é: colocar a bola dentro dos limites das linhas!!!

De nada adianta enfiar a mão na bola, mas não colocar dentro do campo.

Jogo de controle

Isso nos leva a entender, que o mais difícil do tênis, não necessariamente é conseguir projetar com a máxima velocidade possível. E sim, ter controle suficiente para colocar a bola em jogo.

É óbvio que os grandes jogadores conseguem com maestria, colocar a bola em jogo, em velocidades altíssimas. Mas temos que entender que eles treinaram por pelo menos 10 anos, com uma carga horário de 5 a 6h por dia, pra chegar a esse nível de capacidade.

Nós, pobres mortais, temos que nos preocupar em manter a bola em jogo, controlar da melhor forma possível pra dar trabalho para os nossos adversários.

Tipos de controle

Isso inclui o controle do direcionamento da bola, onde podemos colocar na esquerda fraca do nosso adversário por exemplo.

Também quando sabemos direcionar, podemos fazer o carinha cansar bastante de tanto correr. Isso aumenta nossa chance de se dar bem no jogo.

Controlando a direção da bola, abrimos espaços, e podemos com mais segurança arriscar aquele winner tão prazeroso.

Existem outros controles que fazem o jogador ter cada vez mais domínio no tênis: controle da profundidade da bola, controle da altura da bola, controle da velocidade e dos efeitos.

Tá, mas e o quadradinho com isso?

O quadradinho é a forma mais rudimentar de controle na minha opinião.

O espaço é pequeno, não exige nem velocidade, e nem movimentos mirabolantes.

Se eu entregar minha raquete a alguém que nunca pisou em uma quadra de tênis, é maior a chance dessa pessoa trocar bolas sem errar no quadradinho, do que no fundo de quadra.

Saber controlar a força, saber controlar o próprio movimento, e a profundidade da bola, são qualidades que podem ser adquiridas quando jogamos quadradinho!

Quadradinho ao contrário do Djoko: você treina essa habilidade?

Fora que é uma forma excelente pra aquecermos. E o aquecimento, não é só aquecimento físico.

Quando falamos de tênis, o aquecimento técnico e o aquecimento mental são importantíssimos. Os primeiros ajustes, “acertar a mão”, e entrar no estado de concentração adequado para treinar, podem começar também no quadradinho de forma não traumática.

Forma traumática é tipo quando você já machuca o braço nas primeiras bolas ou manda todas pra fora ou na rede não deixando ser parceiro de treino nem aquecer…

Aprendizagem

Mas daí tem gente que fala: “Ah, mas eu já jogo de fundo de quadra. Não preciso treinar no quadradinho.”

Eu conheço tenistas que estão tão acostumados a executar o golpe da maneira “correta” e completa o tempo todo, que simplesmente não conseguem mudar a chave quando precisam de um toque na bola pra dar uma curtinha, ou adaptar seu golpe pra acertar um approach, porque nunca rebateram uma bola assim nos treinamentos e aulas que faziam.

O jogo vai nos trazer variedades de bola, que não são apenas “direita e esquerda se deslocando para os lados”.

Isso traz uma necessidade de adaptação das nossas práticas, para que se assemelhem o máximo possível ao que vai acontecer durante o jogo!

Isso inclui, rebater a bola de diferentes pontos da quadra.

Quando se “queima etapas”, o aluno aprende logo na primeira aula, como se rebater da forma perfeita no fundo de quadra. Antes mesmo de ter pegado na raquete e ter tentado acertar a bola.

Bundão: pura diversão!

Existe uma brincadeira bem famosa, que a molecada conhece, e é jogada no quadradinho. Chama-se “bundão”.

Em resumo: cada participante começa com 5 pontos, e quem perder todos os pontos, vai pro bundão no final da brincadeira. Não vale bater forte na bola, mas vale atrapalhar quem está jogando do seu lado. E quem vence, ganha um prêmio. Assiste o vídeo aí pra você ver qual é o prêmio!!!

Equipe da Medicina de Botucatu- venceram a Intermed em 2013, mas gostavam mesmo é de jogar Bundão!

Princípios do Mestre

Meu grande orientador quando eu precisei me aperfeiçoar como professora, o Mestre Daniel Rosenbaum, coordenador do departamento de capacitação de professores da FPT (Federação Paulista de Tênis), explica nos seus cursos para os professores de tênis que: primeiro aprendemos a comer, e depois, aprendemos a “como” comer.

Então, não podemos exigir de uma criança que coma sem se sujar, segurando os talheres corretamente.

O que vem antes, são as experiências mais livres e a exploração de tudo aquilo que é novo.

Posteriormente, o pai vai ensinar a não derrubar a comida, a segurar da melhor forma o garfo.

Assim como o professor de tênis pode (e deve) deixar o aluno “livre” no início, porque primeiro ele tem que querer acertar a bola, ou acertar em determinado lugar. Posteriormente, se ensina o movimento correto, e a melhor forma de se ter sucesso naquela prática. Tudo a seu tempo, e o professor é o guia que vai orientar a melhor forma possível.

Conclusão

O quadradinho é muito conhecido por muitos tenistas.

No tênis o mais difícil é controlar a bola aonde a gente quer, porque a raquete e a bola são bombas que alcançam até mais de 200 km/h nas mãos dos profissionais.

Colocar a bola do jeitinho que a gente quer é a forma de ter sucesso pra vencer algumas partidas e torneios!

O quadradinho é a forma mais primitiva pra se começar a jogar tênis. O espaço é pequeno e não exige o movimento perfeito pra conseguir acertar.

Além de ser uma maneira de se aquecer física, técnica e mentalmente, também vai proporcionar qualidades importantes pra se jogar bem, como os toques e o controle da força.

Uma famosa brincadeira no quadradinho é o Bundão. Além de aprender a dar toques, a galera se diverte!

Segundo a orientação que recebemos nos cursos para professores, a técnica perfeita dos jogadores avançados, não devem ser enfatizadas na iniciação. Então, quando jogamos de pertinho, trabalhamos na “essência” do jogo de tênis, que é conseguir acertar a bola onde a gente quer!

E você? Já jogou um quadradinho?

2 comentários em “Quadradinho pra quê?

  • 31 de outubro de 2019 em 15:43
    Permalink

    Show de informações Thais!
    O time Amigo do Tênis SJ procura sempre começar e finalizar os treinos e jogos com o quadradinho, entendemos que é uma das formas mais eficazes de se aquecer e esfriar.
    Obrigado por mais essa!
    Abraço!

    Resposta
    • 6 de novembro de 2019 em 10:25
      Permalink

      Bacana, Israel! Eu adoro quadradinho, e vejo meus alunos seguirem uma progressão excelente durante a aula quando começamos de perto. Obrigada por participar aqui no blog! bjs Thaís

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *